"AstraZeneca atirou-se para fora de pé ao anunciar uma taxa de eficácia de 90%"

“Não foi uma semana brilhante para a Europa”, foi assim que Paulo Portas começou por descrever os eventos que marcaram o combate à pandemia no plano europeu, nomeadamente com os impasses gerados com a vacina da AstraZeneca.

Sobre "Global"