Ativistas da Greenpeace pendurados no teto em protesto

Cerca de 250 ativistas da Greenpeace penduraram-se no teto em protesto durante a Assembleia Geral da Total, uma das grandes petrolíferas do mercado, esta sexta-feira, dia 1. Os ativistas faziam-se acompanhar de cartazes que diziam "libertem-se do petróleo", condenando os planos da total de furar uma bacia no rio Amazonas. O CEO Patrick Pouyanne diz que a empresa não vai ceder a nenhum tipo de chantagem.