Ambientalistas brasileiros responsabilizam Bolsonaro pelos incêndios na Amazónia por ter menosprezado a proteção da maior floresta tropical do planeta