Boris Johnson atacado pela irmã, por causa de deputada assassinada

No Reino Unido, Boris Johnson sofreu mais uma derrota. Foi chumbada a proposta para interromper os trabalhos na próxima semana por causa do Congresso dos Conservadores.

O primeiro-ministro britânico sofreu ainda outro golpe vindo da própria irmã, Rachel Johnson, por causa de uma deputada trabalhista assassinada na véspera do referendo sobre o Brexit, há três anos.

Sobre "Jornal das 8"