Boris Johnson rejeita que a escassez de combustível tenha origem no Brexit

Devido à crise dos combustíveis no Reino Unido, o governo foi obrigado a recorrer aos militares para que a oferta de gasóleo e gasolina não faltasse.

No entanto, Boris Johnson afasta o cenário de crise provocada pelo Brexit e prefere apontar como causa a crise económica pós-pandemia.

Sobre "Jornal da Uma"