Boris pede a Corbyn para ser um homenzinho e aceitar as eleições gerais

Na crise do Brexit, o dia foi de impasse. Boris Johnson ainda não tem uma resposta do partido Trabalhista ao desafio de eleições antecipadas a 12 de dezembro.

Jeremy Corbyn, diz que, para aceitar, precisa que não esteja em cima da mesa a hipótese de uma saída da União Europeia sem qualquer acordo. O primeiro-ministro respondeu em tom de desafio: diz que é altura de Corbyn ser um homenzinho.

Sobre "Jornal das 8"