Brexit: Boris Johnson tem acordo aprovado mas é derrotado no calendário

O parlamento britânico chumbou o calendário que lhe dava três dias para legislar sobre acordo de Boris Johnson e permitir a saída do Reino Unido da União Europeia, a 31 de outubro.

Depois da derrota parlamentar, o primeiro-ministro britânico suspendeu a legislação do acordo e aguarda agora consulta com Bruxelas sobre o adiamento do Brexit.

Sobre "25ª Hora"