Celebrações dos 500 anos da morte de Da Vinci assinaladas por todo o mundo

Mas hoje além de uma cerimónia oficial que juntou os presidentes de Itália e França, os dois países em que o artista viveu, foi exibida pela primeira vez uma mecha de cabelos que pode dar algumas informações sobre o génio do mestre do renascimento.