Chile: manifestação pacífica acabou com novos confrontos

Passaram 26 dias desde que o governo chileno decretou o aumento do preço dos transportes. Apesar de ser um dos países mais ricos da América do Sul, o Chile vive em profunda desigualdade social. Desde 18 de outubro morreram 20 pessoas.

Sobre "Jornal da Uma"