A região do Artico está a ser assolada por uma onda de incêndios florestais sem precedentes. Para que se perceba a dimensão situação, as emissões de dióxido de carbono provocadas por estes fogos apenas no mês passado equivalem às emissões da Suécia durante um ano inteiro. A Organização Meteorológica Mundial alerta que estes incêndios acontecem numa altura em que o Norte da terra está aquecer mais do que o resto do planeta e que estes fogos contribuem ainda mais para o aquecimento global.