Colômbia: confrontos entre manifestantes e polícia já fizeram três mortos

Depois do Chile e da Bolívia, há agora agitação e violência na Colômbia.

Pelo menos três pessoas morreram em confrontos com a polícia, depois de manifestações maciças contra o governo do presidente Iván Duque.

Centenas de milhares de pessoas marcharam nas principais cidades contra a corrupção, o assassinato de activistas dos direitos humanos e as reformas económicas que o executivo está a preparar.

O presidente promete mão pesada contra aqueles que considera "vândalos" e que provocaram prejuízos estimados em 100 milhões de dólares.

Sobre "Jornal das 8"