Confrontos voltam às ruas de Hong Kong

Milhares de pessoas voltaram a sair à rua em Hong Kong. Participam numa marcha não autorizada.

Muitos manifestantes estão de cara tapada, violando a lei imposta pelo governo do território.

A polícia já usou gás lacrimogéneo contra a multidão.

Alguns manifestantes lançaram cocktails molotov contra um dos edifícios da polícia e atearam pequenos incêndios. Algumas estações de metro foram encerradas depois de vandalizadas.

A marcha é organizada pela frente civil de direitos humanos. A onda de contestação, que começou contra a lei da extradição para a China dura há mais de quatro meses.