Conselheiro do Vaticano condenado a seis anos por pedofilia libertado após um ano

Supremo Tribunal da Austrália anulou a sentença de seis anos de prisão imposta ao cardeal George Pell, ex-tesoureiro do Vaticano, por abuso sexual de dois menores nos anos 90.

Sobre "Jornal da Uma"