Coronavírus: navio cruzeiro chega ao Camboja após ser recusado em cinco países

Está quase a chegar ao fim a odisseia de mais de duas mil pessoas a bordo de um navio cruzeiro, que passou duas semanas no mar, depois de ser recusado por cinco países. 

As autoridades cambojanas não encontraram nenhum infetado com o coronavírus e é possível que os passageiros comecem a apanhar aviões de regresso aos seus países de origem.

Sobre "Jornal das 8"