Depois da destruição, catalão de 60 anos limpa as ruas

Primeiro-ministro de espanha não atende os telefonemas do presidente da Generalitat.


Pedro Sánchez já ignorou duas chamadas de Quim Torras.
Depois de uma noite de tréguas, os protestos continuam nas ruas e o governo de Madrid exige que Torras condene a violência.

Sobre "Jornal das 8"