"Depois de três anos e dois prazos ultrapassados, temos de sair da UE a 31 de outubro"

Boris Johnson lançou oficialmente a sua candidatura à liderança do Partido Conservador do Reino Unido. O antigo presidente da Câmara de Londres e ex-chefe da diplomacia britânica é o grande favorito à sucessão de Theresa May e considera que um novo adiamento do Brexit é uma derrota.