Detida suspeita de ter assassinado meio-irmão de líder norte-coreano

Polícia da Malásia anunciou ter detido uma das duas mulheres suspeitas de terem assassinado Kim Jong Nam, na passada segunda-feira. Era o meio-irmão e um crítico do presidente da Coreia do Norte