"É uma prova terrível uma vez mais que nos atinge"

Presidente francês, François Hollande, decreta estado de emergência e o encerramento de "todas as fronteiras" do país, na sequência dos ataques em Paris