Estado da União: crise económica e sanitária no centro do discurso de Von der Leyen

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, defendeu esta quarta-feira, no seu primeiro discurso sobre o Estado da União, que é momento de a Europa “passar da fragilidade para uma nova vitalidade”, após os impactos da pandemia de covid-19.

A sessão plenária decorre em Bruxelas, evitando-se novamente Estrasburgo, numa altura em que a taxa de infeção aumentou.

Sobre "Diário da Manhã"