Estudo revela que imunidade à covid-19 dura pelo menos seis meses

A Pfizer formalizou, esta sexta-feira, o pedido para uso de emergência da sua vacina contra a covid-19, nos Estados Unidos. Espera-se agora que este processo esteja concluindo e a vacina aprovada em menos de um mês.

A farmacêutica garante que consegue ter prontas 50 milhões de doses até ao final do ano. 

Entretanto, um estudo da Universidade de Oxford diz que a imunidade de quem já teve a doença dura, pelo menos, seis meses. 

Sobre "Notícias"