Europeias: extrema-direita ameaça a maioria de sempre

A menos de duas semanas das eleições para o Parlamento Europeu, a Europa eleitoral está em ebulição. Pela primeira vez, está em risco a maioria que sempre existiu no parlamento formada pelo centro-direita e pelo centro-esquerda tradicionais. A ameaça vem dos partidos populistas eurocéticos e, especialmente, da extrema-direita, já presente no governo de países tão importantes como a Itália.