Familiares de vítimas de voos da Boeing assistiram a audiência no senado

O presidente executivo da Boeing, Dennis Muilenburg, admitiu, esta terça-feira, que a empresa cometeu "erros" nos acidentes mortais com aviões do modelo 737 Max 8 na Indonésia e na Etiópia, ao falar perante o Senado norte-americano.

Sobre "Jornal das 8"