"Fidel Castro matou muito mais gente do que Salazar"

Comentador da TVI José Miguel Júdice recorda o "ditador e tirano" que foi Fidel Castro. 

"Desejo que ele descanse em paz. Mas julgo que a morte dele não é um momento de trizteza para o Mundo. Mas é a prova de que até os ditadores são mortais".