Um violento incêndio criminoso provocou 33 mortos no Japão. Trabalhavam num dos mais famosos estúdios de animação do mundo, na cidade de Quioto. O suspeito, que foi preso pouco depois, tinha regado partes do edifício a que depois ateou o fogo. As vítimas morreram asfixiadas em busca de uma saída de emergência