Força aérea brasileira já está na Amazónia

Jair Bolsonaro garante que o destacamento de 44 mil soldados irá durar pelo menos um mês

Sobre "Notícias"