Governo de Malta começa a cair por causa do assassinato de jornalista há dois anos

Em Malta, o Governo começa a cair por causa do escândalo do assassinato da jornalista Daphne Caruana Galizia, em 201. O primeiro-ministro anunciou que se vai demitir no dia 12 de janeiro do próximo ano. Josef Muscat está demasiado perto dos presumíveis autores morais do atentado: o seu chefe de gabinete e dois dos seus ministros já se demitiram. E acredita-se agora que o chefe de gabinete deu a ordem para eliminar a jornalista, que denunciou o envolvimento dos trabalhistas no caso Panama Papers. As ligações a outros países poderão ser também investigadas

Sobre "Jornal das 8"