Governo grego rejeita demissões por causas dos incêndios

Primeiro-Ministro assume responsabilidade política mas não faz demissões e promete novas políticas para prevenir incêndios