Grécia travou entrada a 35.000 migrantes desde a fronteira turca em uma semana

A Grécia diz que travou a entrada no país de 35 mil migrantes, só na última semana.

Diversos países estão a enfrentar uma pressão migratória crescente, com o governo turco mais envolvido na guerra Síria e a desistir das suas obrigações de conter os refugiados.

As Nações Unidas e a Cruz Vermelha lamentam que os refugiados estejam a ser usado como arma política.

Nas últimas horas, um desenvolvimento ainda de consequências duvidosas: os presidentes da Turquia e da Rússia assinaram, em Moscovo, um acordo de cessar fogo na Síria.

Sobre "Jornal das 8"