Guterres diz que relatório que refere genocídio dos Rohingja merece séria consideração

António Guterres pede ponderação séria ao relatório da ONU que acusa o regime birmanês de genocídio contra os Rohingja. Declarações do secretário-geral das Nações Unidas na última noite, no conselho de segurança, onde também esteve a atriz Cate Blanchett, embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado para os Refugiados.