Harry fala sobre difícil regresso a Inglaterra para o funeral do avô: "Tive medo"

O príncipe Harry acusa a família real de ter sido negligente em relação à luta que ele e a mulher Meghan travaram pela saúde mental.

O Duque de Sussex reconhece que quando era mais novo recorreu a drogas e álcool para tentar superar a perda da mãe.

Em mais uma entrevista dada a Oprah Winfrey, desta vez enquadrada numa parceria para um programa sobre saúde mental na Apple TV, o Príncipe Harry diz que a família tentou impedir que ele e Meghan se afastassem quando ela revelou pensamentos suicidas

Para Harry, a incapacidade da família em ajudar Meghan foi um dos principais motivos para sua saída do Reino Unido, alegando que seus pedidos de ajuda foram rejeitados e negligenciados.

Harry admite que sentiu que a história se estava a repetir com Meghan e que tinha medo de a perder tal como perdeu a mãe, Diana.

Reconhece ainda que sentiu medo quando regressou a Inglaterra para participar no funeral do avô