Harvey Weinstein declarado culpado de abusos sexuais

Harvey Weinstein foi condenado a 23 anos de prisão por abusos sexuais, em Nova Iorque. A sentença marca uma vitória assinalável para o movimento "Me Too", que teve início quando várias mulheres denunciaram o comportamento do antigo produtor de Hollywood.

Sobre "Jornal das 8"