Um incêndio florestal nas Canárias forçou mais de mil pessoas a deixarem as suas casas. A guarda civil espanhola já deteve um suspeito de ter ateado as chamas