Tribunal da Escócia decidiu que suspensão do parlamento britânico é ilegal. Os juízes consideram que o propósito da suspensão foi apenas silenciar os deputados numa altura em que o Brexit se aproxima a passos largos. O executivo conservador vai recorrer, e a questão será decidida na próxima semana pelo Supremo Tribunal do Reino Unido.