May ainda quer evitar eleições europeias, aprovando acordo de saída até 22 de maio

Uma saída do Reino Unido sem acordo com a União Europeia foi adiada até 31 de outubro. O prolongamento é flexível o que significa que o Reino Unido pode sair antes de outubro, se, entretanto, aprovar o acordo de saída, que a Câmara dos Comuns já chumbou três vezes. Theresa May volta a pedir aos deputados um entendimento.