Militares patrulham ruas do Chile pela primeira vez desde o fim da ditadura

O Chile está em "estado de guerra", o presidente do país, numa altura em que subiu para onze o número de mortos nos protestos dos últimos dias.

Com várias regiões em estado de emergência, os militares voltaram a patrulhar as ruas pela primeira vez desde o fim da ditadura de Augusto Pinochet. 

Sobre "Jornal das 8"