Moçambique: abrigos são poucos e pequenos para tantas pessoas que fogem à guerra

Os ataques terroristas no norte de Moçambique estão a arrastar inúmeros problemas.

As Nações Unidas estimam que sejam pelo menos dez mil, as pessoas que estão em fuga da vila de Palma, e que procuram refugio em Pemba. E os abrigos temporários são insuficientes.

Sobre "Jornal das 8"