Moçambique: um mês depois, 1,6 milhões de crianças precisam de ajuda urgente

Em Moçambique, um mês depois do ciclone, ainda há muito trabalho para fazer e a ajuda ainda não chegou a todas as populações afectadas, nomeadamente às crianças que são sempre as mais débeis. A Unicef afirmou que um 1,6 milhões de crianças precisam de ajuda urgente. As autoridades actualizaram o número de vítimas das cheias e da cólera para 603 mortos