Morte de deputado britânico foi ato de "terrorismo"

A Polícia Britânica está a investigar o assassinato do deputado conservador David Amess como um ato de terrorismo, possivelmente ligado ao extremismo islâmico. O único suspeito do crime encontra-se detido. é um britânico de 25 anos, de origem somali
 

Sobre "Jornal das 8"