Habitantes temem bombardeamentos, a partir do mar, já que um navio caça-minas da marinha russa desloca-se do Mar Negro até Azov