"Nenhum lugar está a salvo", escreveu atirador

Um ataque terrorista em duas mesquitas causou 49 mortos e 48 feridos. Foi o ataque mais mortífero da história da Nova Zelândia. Quatro pessoas foram detidas, uma delas um cidadão australiano ligado à extrema-direita, que transmitiu o ataque em direto no Facebook. ALERTA: as imagens podem ferir a sensibilidade dos espectadores.