Noa, a menina que ninguém conseguiu demover do desejo de morrer

A história de uma jovem holandesa está a chocar, mas também a comover o mundo. A jovem de 17 anos foi abusada na escola, sofria de uma depressão e anorexia e, sem aguentar o sofrimento, pediu para morrer. Ao ver recusado o pedido de eutanásia, acabou por pôr termo à vida, deixando de se alimentar, com o consentimento dos pais e dos médicos.