Novo Nobel da Paz pôs fim a um conflito que matou quase 100 mil pessoas

O Prémio Nobel da Paz 2019 foi para o primeiro-ministro da Etiópia. Aos 43 anos, Abiy Ahmed é distinguido pelo acordo de paz alcançado com a vizinha Eritreia no ano passado, quando assumiu a chefia do governo, e que pôs fim a duas décadas de um conflito que matou quase 100 mil pessoas.

Sobre "Jornal da Uma"