Papa Francisco pede perdão às vítimas de pedofilia na Igreja Católia

João Paulo II foi o primeiro Papa confrontado com o escândalo de pedofilia na Igreja Católica. Vinte anos depois, Francisco diz que é uma vergonha e pede perdão às vítimas, mas, entre a incredulidade e a hesitação, esta atitude tardou em ser assumida pela chefia da Igreja Católica.