"Procurar comprar uma arma AK-47 é um ato preparatório"

Ministro da justiça brasileiro, Alexandre de Moraes, explica que a negociação de armas e a participação dos indivíduos em artes marciais são atos que antecipam um grupo terrorista.