Protestos no Iraque fazem pelo menos 35 mortos

O Iraque tem assistido, últimos dois meses, a um levantamento popular contra o desemprego, a pobreza e a corrupção.

Nas últimas horas a situação agravou-se a sul do país: o consulado do Irão na cidade de Najaf foi incendiado e os confrontos com a polícia já fizeram pelo menos 35 mortos.

Sobre "Jornal das 8"