Queda de Boeing: avião com problema de origem ou pilotos mal formados?

A tragédia da queda do avião da Ethiopian Airlines é a segunda a ocorrer no espaço de cinco meses com o mesmo modelo da Boeing. O 737 MAX é a mais recente versão do construtor norte-americano e está equipado com um mecanismo informático que atua à revelia dos pilotos para estabilizar o aparelho. Só as caixas negras, já encontradas, dirão se há problemas de origem no avião ou se os pilotos não tiveram a formação adequada para o tripularem.