"Relações diplomáticas com os EUA podem regredir"

A morte de Fidel Castro e a vitória de Trump nos Estados Unidos, com a maioria no Senado, podem fazer regredir a abertura diplomática iniciada pelos presidentes Raul Castro e Barack Obama. É a opinião do professor universitário cubano que leciona em Portugal, Rodolfo Bendoyro, que admite haver da parte das novas gerações cubanas "uma esperança de maior abertura"