Reportagem da Globo deixou Bolsonaro visivelmente irritado

Peça jornalística difundida na terça-feira, denunciou que um dos suspeitos de participar no homicídio de Marielle Franco esteve no condomínio de Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, no dia em que a vereadora de esquerda foi assassinada, 14 de março de 2018.

Sobre "Jornal das 8"