A primeira mulher a sentar-se no Conselho de Segurança das Nações Unidas classifica a eleição de António Guterres como um milagre. Samantha Power, a antiga embaixadora dos Estados Unidos na ONU, nomeada por Barack Obama, participou no processo de escolha do secretário-geral