Sri Lanka: governo diz que ataques foram feitos por grupo extremista islâmico nacional

O massacre da Páscoa no Sri Lanka foi levado a cabo por um grupo extremista local. Mas o governo acredita que a série de atentados contra igrejas e hotéis teve ajuda duma rede islâmica internacional. Ainda esta tarde, uma nova explosão ocorreu quando a polícia tentava desativar alguns explosivos.